jue., 20 may. | Online, acesso por link

Circulação da Balbúrdia - Luciana Sardenha Galzerano

Políticas educacionais em tempos de pandemia
A inscrição está fechada
Circulação da Balbúrdia - Luciana Sardenha Galzerano

Horário e local

20 may. 19:00 – 21:00
Online, acesso por link

Sobre o evento

Circulação da Balbúrdia - Luciana Sardenha Galzerano

Políticas educacionais em tempos de pandemia

O artigo está disponível na Biblioteca da EFoP.

Luciana Sardenha Galzerano é graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Campinas e Mestre em Educação pela mesma instituição, com período sanduíche na Universidade de Maryland (Estados Unidos). Como pesquisadora, atua nas áreas de Política Educacional e Administração de Sistemas Educacionais, com foco nos processos de privatização da educação. Atualmente é doutoranda em Educação na Universidade de São Paulo.

Çírculação da Balbúrdia

A “Balbúrdia” se tornou um símbolo involuntário das universidades públicas. O estandarte de ouro do ex-Ministro Weintraub para justificar o corte do orçamento dessas instituições, bem como de suas autonomias constitucionais. A propaganda vigorosa de difamação das universidades repercutiu em diversos dos aparelhos de propaganda do Estado, entre os quais os grandes jornais. Logo diversos editoriais clamaram pelo “fim da Balbúrdia”. Imagens das paredes de centros acadêmicos e edifícios abandonados foram banalizadas, notícias falsas e delirantes se proliferaram. O alinhamento é evidente: era preciso desmantelar o prestígio que essas instituições ainda detém diante da sociedade para extinguí-las. Mas que conhecimento é esse que se produz nas universidades e que é capaz de tirar o sono dos heróis da ordem e do progresso nacional? Deveríamos nós nos afastarmos de quaisquer depravações à intelecção da ordem? Deveríamos nos tornar cientistas brancos, de jalecos brancos, diante de quadros brancos? Muitos, dentre os quais entre nós, se agarram a essa imagem maculada da universidade como um espaço límpido de progresso e desenvolvimento. Nós, por outro lado, abraçamos a Balbúrdia.

A EFOP propõe um espaço de formação acadêmica e política para disputar a a universidade: a Circulação da Balbúrdia. Um espaço de debate sobre a produção acadêmica de esquerda das universidades públicas brasileiras. É um espaço para os pesquisadores apresentarem e discutirem suas teses e dissertações e colocá-las em circulação.

Resumo do artigo

As disputas envolvendo as políticas sociais durante a pandemia de COVID-19 estão sendo intensas. No âmbito educacional, as medidas de distanciamento social resultaram no fechamento das escolas e na consequente necessidade de adoção de políticas emergenciais para enfrentar os desafios educacionais impostos. Este artigo busca contribuir para a análise dessas políticas, indicando como consequência o risco de avanço da privatização da educação. Consideramos que o Estado desempenha papel central nesse processo, portanto a privatização deve ser entendida em sua complexidade, não como mero deslocamento de fronteiras entre público/estatal e privado/não-estatal. Para a análise, coletamos informações a partir dos pareces emitidos pelo Conselho Nacional de Educação e de documentos divulgados por organismos do setor privado – nacional e internacional – que influenciaram os debates e decisões.

Inscreva-se para receber por e-mail o link de acesso à sala.

Receba notificações sobre as próximas atividades da EFOP:

Telegram

Facebook

Youtube

A inscrição está fechada

Compartilhe este evento

Logo_EFoP_4_edited.png

Escola de Formação Política da Classe Trabalhadora -

Vânia Bambirra

[...] as mulheres, as operárias e camponesas em particular, têm dupla razão para serem revolucionárias